Bem Vindos

Bem Vindos

Você que tem um trabalho de ciências que e dicultoso.
Venha e visite meu blog do google.
Fala do Corpo Humano,Meio Ambiente e etc...

Não fique perdendo a cabeca com o trabalho de ciências,eu resolvo!

sábado, 21 de junho de 2008

HIGIENE VISUAL

A maneira como a nossa visão é utilizada reflecte-se em algum grau sobre o seu estado de funcionamento e sobre o rendimento visual, ou seja , uma correcta utilização da visão conduz a uma melhor preservação das capacidades visuais e à execução das tarefas visuais com a introdução do menor stress possível sobre o sistema visual.

Como higiene visual entende-se sobretudo o controlo das condições de trabalho como a iluminação e a postura.

ILUMINAÇÃO
A iluminação, está claro, é um factor importantíssimo para a visão. A quantidade e qualidade da luz que ilumina o objecto ou o trabalho reflectem-se sobre o bem estar do indivíduo.

Quando trabalhamos em interiores, o ambiente que nos rodeia deve estar iluminado para evitar excessiva concentração apenas no espaço à nossa frente. Esta "iluminação ambiente", se não for suficientemente intensa, pode haver necessidade de se suplementar com iluminação directa e um pouco mais forte sobre o objecto com que trabalhamos.

Uma tarefa particular que obrigamos muito os nossos olhos a fazer é ver televisão. Existe em muitas pessoas o hábito de desligar todas as luzes ao ver TV, pois com uma boa televisão apagamos as luzes e parece que estamos no cinema. Ora isto não é a melhor maneira de tratar os nossos olhos. A nossa pupila abre e fecha segundo a intensidade da luz como o diafragma de uma máquina fotográfica. Sabemos que a maior abertura do diafragma corresponde uma menor profundidade de campo e daí maior necessidade de focar com precisão. Do mesmo modo, ao ver TV numa sala sem luz, a pupila dilata provocando a necessidade de manter a focagem mais exacta com o consequente aumento do esforço visual.

POSTURA
O mecanismo da acomodação é tanto mais solicitado quanto mais perto estamos daquilo que observamos. Uma postura correcta implica a manutenção de uma distância mínima de 35 a 40 cm (nos adultos) desde o olho até ao objecto.

Devem ser evitadas posturas assimétricas como o inclinar do corpo ou da cabeça para um dos lados pois isso leva a que a distância de cada olho à tarefa seja desigual.

Um factor que contribui para o aparecimento de sintomas visuais é a manutenção da visão de perto (leitura, computador, Internet, etc) durante períodos prolongados. É importante introduzir pequenos intervalos nestas tarefas, pelo menos de meia em meia hora. É bom nestes intervalos olhar ao longe fixando objectos distantes, levantar-se espreguiçar-se, ou seja, procurar descontrair o corpo e a visão.

O seguimento destas normas de higiene visual não garante o não aparecimento de uma anomalia visual, como a miopia ou o astigmatismo, mas constitui um pequeno contributo no sentido de evitar que estes problemas surjam. Por outro lado, em casos de sintomas relacionados com stress visual nos quais não existem defeitos refractivos, algum cuidado com a higiene visual pode dar alivio suficiente não sendo necessário por exemplo, recorrer á ajuda de óculos.

Nenhum comentário: